Série de conversas 'Ethale Talks' exploram as literaturas indígenas moçambicanas

Como parte do compromisso da Ethale Publishing de se envolver com a literatura africana em diferentes línguas, lançamos uma série de Ethale Talks dedicadas às línguas, literaturas e culturas indígenas moçambicanas.

No primeiro episódio, o professor Tomás Castelo Armando conversou com Jessemusse Cacinda sobre uma coleção de histórias em língua Emakhuwa que ele vem coletando. Clique no link para ouvir a discussão e algumas das histórias da transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=Of0hrZaJXFo

PRÓXIMO EPISÓDIOAs riquezas culturais do povo Chope. Convidado: Marílio Wane. Moderação  Jessemusse Cacinda. 04.03.2021, 17H (Maputo). YouTube; Facebook.  


DISPONÍVEL PARA ASSISTIR AGORAHistórias em Emakhuwa e o os dilemas da tradução literária (PT/Emakhuwa), 25.02.2011 – https://www.youtube.com/watch?v=Of0hrZaJXFo


A língua Macua (também escrita Emakhuwa ou Makhuwa) é a língua mais falada em Moçambique, com 5.8 milhões de pessoas, maioritaramente oriundas das províncias de Nampula, Cabo Delgado, Niassa e Zambézia. Entretanto, a “eurofonia” (Ngugi Wa Thiong’o, 2018) que reina na produção literária moçambicana impede a existência de livros nesta e noutras línguas do país. Durante a passagem pelos ritos de iniciação, que simboliza a passagem da infância (idade pré-lógica) para a idade adulta (lógica e de bom senso) na sociedade macua, a base usada são histórias. “Conta-se histórias de comportamentos repreensivos do momento em que a pessoa a ser educada (mutthu on’lakiwa) fazia anteriormente como forma de chamá-lo atenção a adotar novos hábitos” (Martinez, 2009). Contar histórias é também “recurso de eloquência na retórica macua” (Cacinda, umpublished work) o que faz com que haja ainda um universo por explorar nesta e noutras línguas africanas. Neste debate, Jessemusse Cacinda, editor da Ethale Publishing recebe Tomás Castelo Armando, tradutor (Emakhuwa-Português-Inglês), professor e contador de histórias para dialogar em torno do “storytelling” Emakhuwa e os dilemas que se colocam a tradução literária.


Leituras, Viagens, Histórias e Sucesso

Ethale Talks de 11 de Março de 2021, contou com a presença de Dario Camal, conversa para acompanhar no link:https://fb.watch/5q2omuw0cx/



Conversa sobre o Livro "A Greve dos Mendigos" de Aminata Sow Fall, 25 de Março

Moderadora:Rayma Raja

Convidado: Francisco Gaita

Disponível no link:https://fb.watch/5q3cFp--Ib/


Química e Poesia Ethale Talks de 31 de Março

Moderadora: Muanjuma Selimane

Convidado: Domingos Macuvele


Ethale Talks de 8 de Abril: Visibilidade das Mulheres na Literatura Moçambicana

https://www.facebook.com/1161941653920177/posts/3809677365813246/




Comments